Precisa de ajuda ?

Sananga: conheça os benefícios do colírio da floresta

sananga
Carregando... 5404 visualização(s)

Sananga: conheça os benefícios do colírio da floresta

 

capa sanangaVocê conhece o poder das medicinas naturais? A sananga é uma das opções mais interessantes quando falamos em plantas com propriedades medicinais e capacidades de limpeza espiritual. 

Trata-se de uma medicina usada tradicionalmente em tribos indígenas, por isso é muito respeitada e eficaz.

A sananga é conhecida, especialmente, por seus benefícios para a visão. Quem deseja administrar deve entender bem como fazer isso e como preparar o ambiente para a prática.

Ou então pode experimentar na natureza, de acordo com os preceitos de cada tribo e com a orientação de um xamã.

Para conhecer a planta, entender seus benefícios e efeitos espirituais, acompanhe com atenção o resto deste conteúdo. Foi feito especialmente para tirar suas dúvidas!

O que é a Sananga?

São arbustos usados como colírio por tribos amazônicas como os Huni Kuin e os Yawanawá. A planta tem um forte efeito espiritual, ajuda no tratamento de dores, agiliza a meditação e a conexão com a natureza e ainda tem um efeito afrodisíaco.

Um dos principais componentes é a ibogaína, conhecida por gerar transes e visões.

A sananga deriva da Tabernaemontana Sananho. Consiste nas raízes da planta batidas para aplicar nos olhos como um colírio. Essa aplicação deve ser feita nos dois olhos, para gerar uma sensação de equilíbrio. 

Encontre o rapé ideal para você na Natureza Divina! Somos o primeiro e mais completo site dedicado à venda de plantas sagradas e etnobotânicos do Brasil.

O uso da sananga pelas tribos indígenas

É muito usado por índios Yawanawás e Kaxinawás. 

Uma das aplicações é para preparo antes da caça. As tribos acreditam que a ministração de sananga amplia a capacidade da visão para perceber as oportunidades na floresta. 

Ela aprofunda a visão para acompanhar as texturas, perceber melhor as cores e detectar melhor as presas.

Nas tribos, geralmente, a ministração acontece em um ritual sagrado, acompanhado de um xamã ou de um pajé.

Qual o efeito da Sananga?

Acredita-se que a Ibogaína seja a causadora de efeitos notáveis, como visões e transes, como já comentamos.

A sananga, em si, gera uma sensação de equilíbrio, de conexão com a natureza, ampliação visual e melhorias na saúde e na espiritualidade.

Por isso, é uma planta voltada para usos medicinais e para uso sagrado, com o objetivo espiritual.

qual o efeito da sanangaqual o efeito da sananga

Pode ainda ajudar a expandir a visão interna do ser humano, com uma melhoria na capacidade de identificar intenções escusas de outras pessoas e aproveitar as oportunidades especiais que a vida oferece. 

No geral, ela ajuda a ampliar os sentidos para facilitar as atividades do dia a dia. 

Ou seja, permite enxergar além de uma limitação na visão, o que abre os olhos das pessoas para as pequenas e grandes belezas da vida. 

Os usos espirituais de Sananga

O colírio contribui para provocar um equilíbrio das energias, dissipando as negativas. Assim, é muito útil para tratar sintomas psicossomáticos.

Espiritualmente, pode ser o preparatório para o uso de outras medicinas, como a ayahuasca. Aperfeiçoa a experiência e os efeitos da ayahuasca.

Durante o uso, a sananga gera um efeito espiritual que transcende para a dimensão física. Por isso, é comum que as pessoas sintam um pouco de ardência nos olhos, quando a planta está fazendo o seu efeito. 

Contudo, depois disso, é possível remover a melancolia e uma série de energias prejudiciais, o que contribui para o bem-estar da pessoa que ingere. 

A medicina é conhecida por ativar uma espécie de visão interna, o que se chama de terceiro olho. Assim, auxilia em várias questões do dia a dia, como se ampliasse de fato os sentidos

Benefícios do uso da sananga

Veremos agora quais são os benefícios da sananga, tanto no âmbito da saúde quanto da espiritualidade. 

Reduz inflamações

Doenças oculares causadas por inflamação, como a catarata, podem ser tratadas com o auxílio do colírio natural. Ela atua na diminuição dos componentes inflamatórios, bem como beneficia o usuário a partir de seu efeito antioxidante. 

Auxilia em lesões oculares

Lesões oculares e problemas gerais envolvendo os olhos podem ser tratados com o auxílio da sananga. Estima-se que ela contribua com o combate à hipermetropia, afacia, olho seco, astigmatismo, dor de cabeça crônica e até daltonismo.

Sendo assim, é uma ótima aliada na busca por cura na região dos olhos. Seu uso precisa de cuidados, contudo, como já falamos. É preciso atentar ao ritual e ao nível de preparação com um elemento sagrado como esse.

Entretanto, ao demonstrar essa reverência, você pode observar seus efeitos na questão medicinal, o que tornará a sua vida mais fácil. 

Retira energias negativas

Por outro lado, também percebe-se o resultado de sananga na eliminação de energias ruins. Até já falamos sobre isso em um dos tópicos anteriores: a planta reforça o equilíbrio vital e proporciona uma paz que você achará difícil de encontrar com qualquer outra coisa.

A sananga é especialmente útil para retirar a panea, um termo que representa as energias negativas que normalmente carregamos conosco. Está associada ao acúmulo de bactérias e doenças, por conta da ingestão de alimentos não purificados, fora da natureza.

Essas doenças podem agir no estômago, no aparelho digestivo e no aparelho excretor. Por conta dessa limpeza, a sananga propicia uma visão aprofundada, mais perceptiva.

O combate à panea ajuda a fortalecer nossa saúde, tanto espiritual quanto física. 

Equilibra as emoções

Também serve para equilibrar os aspectos emocionais. Possibilita calmaria e controle das emoções, para que as pessoas se sintam bem e fiquem bem consigo mesmas. Por isso, é tão bom como um complemento à meditação.

Por outro lado, ajuda a facilitar o convívio social, com menos instabilidade e mais consistência emocional.

Sananga e rapé: como e por que é feito o uso em conjunto?

Sananga e rapé são medicinas que podem ser administradas juntas, em uma mesma cerimônia. Há casos em que as pessoas usam rapé depois da sananga e antes de um período de meditação.

Outros indicam usar o rapé como uma preparação para o colírio natural. Os índios Kaxinawá costumam usar os dois com o Ayahuasca como um complemento.

sananga e rapésananga e rapé

Como conservar a Sananga?

É preciso observar algumas regras de conservação da sananga para obter os melhores resultados e manter a medicina protegida. 

O ideal é usá-las fresca. Depois, pode ser mantida na geladeira, longe do calor excessivo. O tempo médio para guardar o elemento é de até 3 meses. 

É necessário observar a cor do líquido. Caso tenha perdido a cor (escurecendo), provavelmente já perdeu suas características curativas.

Como usar a Sananga?

Precisamos atentar para as regras de uso dessa medicina. Por isso, separamos este tópico para esclarecer algumas questões.

Há inicialmente um processo destinado a preparar a pessoa para se acostumar com o colírio. Nesse processo, ele deve ser ministrado todos os dias, durante 7 dias seguidos. 

Depois disso, você pode tornar a aplicação mais eventual e esporádica. Alguns recomendam duas vezes ao mês.

Durante o momento de aplicação, atente para alguns fatores. Mantenha luz baixa, de preferência com velas, para evitar forçar a visão.

Sente-se com a coluna ereta, confortavelmente, no chão, preferencialmente. Se deseja um som para acompanhar o ritual, busque um som sereno e natural.

Aplique nos dois olhos. Então, relaxe e comece a meditar.

É importante não ter distrações no momento, como o uso de celular ou toques abruptos que interrompem a concentração. Tenha uma intenção bem clara. Tenha também uma tigela de água para lavar o rosto caso a ardência permaneça forte.

Você pode pedir a alguém para acompanhá-lo no momento de administração, pois isso ajudará a obter a mesma quantidade de sananga nos dois olhos. Essa parte é vital para gerar o equilíbrio necessário na aplicação. 

Encontre o rapé ideal para você na Natureza Divina! Somos o primeiro e mais completo site dedicado à venda de plantas sagradas e etnobotânicos do Brasil.

Conclusão

Como vimos, a sananga é uma medicina especial natural, que é aplicada como um colírio, diretamente nos olhos. É preciso total cuidado na administração da planta, pois requer um ritual e muita atenção. 

Ao eliminar as distrações e manter a cabeça no lugar para receber seus benefícios, as pessoas conseguem ser impactadas no âmbito medicinal, emocional e espiritual. 

A sananga, como observamos, abre os olhos físicos e espirituais para possibilitar uma visão aguçada, aprofundada e consistente. 

Viabiliza a caça na natureza, com maior possibilidade de pegar presas difíceis. Da mesma forma, permite enxergar oportunidades e riscos na vida urbana. 

Previous article:
Next article:
Posts relacionados