Precisa de ajuda ?

Cosméticos naturais: conheça os benefícios ao utilizá-los!

cosméticos naturais
Carregando... 109 visualização(s)

Cosméticos naturais: conheça os benefícios ao utilizá-los!

cosméticos naturaiscosméticos naturais

Cada vez mais, pessoas consumidoras se preocupam com os produtos que utilizam e com o que eles oferecem. 

Assim, é normal que esses mesmos consumidores busquem saber a origem e o método de produção, para ter consciência se as fabricantes estão alinhadas com seus valores.

Dentro desse assunto, podemos mencionar a relevância dos cosméticos naturais, por exemplo. 

Esses cosméticos se destacam como produtos que trazem menos prejuízos para a vida no planeta e são geralmente apresentados com um posicionamento forte acerca disso.

Além do benefício ao meio ambiente, há outras vantagens para a própria saúde e para a pele das pessoas.

Se quiser saber mais sobre os cosméticos naturais e entender como eles são uma opção mais sustentável e saudável, continue por aqui! 


O que são os cosméticos naturais?

Os cosméticos naturais são cosméticos produzidos com elementos naturais, em um processo menos danoso ao meio ambiente. 

A ideia é reduzir a porcentagem de aditivos e componentes tóxicos, na composição do produto, de modo a levantar uma bandeira importante.

Ou seja, os cosméticos são produzidos com uma maior composição de elementos minerais e vegetais. 

É importante entender que os cosméticos desse tipo podem variar, a depender da quantidade de elementos naturais em sua concentração. 

Há itens “à base de matérias-primas naturais”, por exemplo, que apresentam uma porcentagem menor de componentes naturais do que os naturais propriamente ditos.

Contudo, há um consenso de que, para ser natural, um produto de beleza e estética precisa apresentar, ao menos, 95% de matérias-primas naturais em sua composição. Os outros 5% são de substâncias permitidas e menos danosas, mesmo que sintéticas.

Aliás, temos que falar dos produtos sintéticos para estabelecer uma comparação mais clara... 

Esses são itens desenvolvidos com o apoio de certos elementos sintetizados, criados em ambientes de testes, que ajudam na conservação do produto para estocagem.

Por outro lado, esses mesmos elementos podem ser extremamente prejudiciais à saúde, causando doenças sérias, e são característicos por não se degradarem com facilidade.

Assim, o planeta ganha mais lixo acumulado nos oceanos ou em locais abertos. Em suma, isso produz ainda mais doenças, prejudica o ecossistema e ameaça a vida na terra. 

Em contrapartida a todo esse cenário, os produtores de cosméticos naturais resolveram reduzir a incidência de itens prejudiciais, buscando outras estratégias de produção. 

O objetivo é investir em substâncias biodegradáveis e que apresentem menos riscos à pele humana. Assim, busca-se conscientizar o público e, aos poucos, tornar a produção mais limpa. 

Como foi comentado, esses cosméticos têm sido a preferência de muitas pessoas, hoje. Há movimentos focados em gerar discussão sobre isso e reforçar a filosofia de alinhamento entre sustentabilidade e cuidado com a saúde. 

É comum, então, que pessoas pesquisem muito sobre a origem, a estratégia de produção, bem como os tipos de cosméticos naturais. 

A seguir, inclusive, vamos explorar os principais tipos de cosméticos assim e suas respectivas diferenças. 

 

Adquira produtos de aromaterapia de qualidade com a Natureza Divina!

 

Quais os tipos de cosméticos naturais?

Vamos falar sobre os principais tipos de cosméticos e suas diferenças. 


Orgânicos

Os cosméticos orgânicos são aqueles produzidos sem uso de produtos tóxicos, a partir de uma lógica de eficiência e sustentabilidade. 

Ou seja, são produtos já pensados, desde o início, com o foco em proteção ao meio ambiente e em uso de elementos orgânicos.

Inclusive, as matérias-primas utilizadas são certificadas como orgânicas e menos nocivas. Há, também, um consenso acerca de um sistema orgânico de produção, que seja mais produtivo e menos prejudicial. 


Naturais

Cosméticos naturais são os que diminuem a porcentagem de elementos não-naturais. São produtos que evidenciam a natureza como um ambiente vivo e capaz de oferecer bem-estar e qualidade de vida. 

cosméticos naturais diferenças

Assim, rejeitam a industrialização excessiva e os métodos artificiais para produzir em massa e conservar itens. 

Veganos

Produtos veganos já seguem outra filosofia, similar a dos anteriores, mas com mais especificidades. 

São itens focados em eliminar o uso de animais no processo: é preciso evitar o uso de matéria-prima animal, bem como a participação de animais em todo o processo.


Cruelty-free

Já os produtos cruelty-free são os produtos veganos que eliminam, de forma enfática e radical, o uso de animais para testes. 

Cosméticos sintéticos

Na produção de cosméticos sintéticos, a preocupação é com a escala e com o objetivo de atender à demanda industrial. 

Assim, utilizam-se produtos nocivos e tóxicos, desde que cumpram a função esperada (como conservação e aumento da durabilidade).


Qual a diferença entre cosméticos naturais e orgânicos?

Agora, precisamos de um tópico específico para trabalhar as diferenças entre dois conceitos que são comumente confundidos. Os produtos naturais e os orgânicos.

Comecemos com a composição. Um produto orgânico é conhecido por apresentar 100% de produção natural, com elementos orgânicos e naturais, sem nenhuma incidência de componentes sintéticos. 

Assim, é um modo de produção totalmente distinto, com uma filosofia mais cuidadosa. 

Se a empresa eliminar os itens sintetizados em laboratórios da cadeia produtiva, é preciso planejar substitutos e entender exatamente seus impactos.

Ou seja, produtos orgânicos são mais focados no processo em si, do que necessariamente no produto final. 

O processo importa bastante, pois deve seguir as etapas planejadas e sistematizadas como naturais e orgânicas.

Por outro lado, produtos naturais apresentam uma certa porcentagem de sintéticos, como já comentamos. 

Há um foco menor no processo de produção, pois o objetivo é tornar a produção menos impactante sem revolucionar completamente o modo de produzir.

Assim, podemos resumir: se um produto é orgânico, ele é natural; mas, se um produto é natural, não necessariamente é orgânico.


Como saber se o cosmético é natural?

A pesquisa sobre o cosmético é uma parte importante para determinar se vale a pena usá-lo. 

As pessoas que gostam de adquirir itens naturais devem saber exatamente como identificar se um produto se encaixa nesse rótulo ou se é somente uma jogada de publicidade desonesta.

Existem, hoje, selos e certificações que podem ser conferidos, na hora de escolher um cosmético. 

Há o selo IBD – Ingredientes Naturais e o selo ECOCERT, como exemplos. Além disso,  é preciso estar atento à existência de outros.

O próprio ECOCERT tem uma relação de substâncias permitidas (naturais) e outras proibidas (sintéticas). 

A concentração dessas matérias-primas é o que determina se estamos falando de um produto: natural, à base de elementos naturais ou orgânicos.

São algumas das proibidas:

 

  • corantes sintéticos;
  • fragrâncias sintéticas;
  • amônias;
  • elementos testados em animais;
  • substâncias derivadas do propileno.

São permitidas:

  • manteigas vegetais; 
  • óleos essenciais;
  • corantes e pigmentos naturais;
  • extratos vegetais;
  • e polímeros naturais.

Lembrando: se 95% da composição for de substâncias permitidas, você tem um produto natural, segundo a própria ECOCERT. 

 

Benefícios de utilizar cosméticos naturais

Nesta importante parte do conteúdo, vamos abordar os benefícios de utilizar cosméticos naturais. 


Não agridem a pele

Um dos pontos é o impacto para a pele. 

Sabemos que a pele absorve substâncias que entram em contato com ela. Isso pode ser uma boa ou má notícia. 

No caso de cosméticos feitos com produtos naturais, é uma ótima notícia. Afinal, eles já são pensados para diminuir os riscos de alergia, irritação, vermelhidão e outros impactos visíveis na pele humana. 

Assim, são ideais para o uso de pessoas mais sensíveis, que já tiveram muitos problemas com produtos sintéticos. 

Ou seja, esses produtos são cruciais para quem deseja um efeito positivo na parte visual/estética. 

Mas, também trazem benefícios importantes para a saúde em si, com elementos que não oferecem grandes riscos quando absorvidos.

 

São ricos em nutrientes

Por conta de sua composição focada em elementos vegetais e naturais, esses cosméticos apresentam mais nutrientes benéficos para a pele e para a saúde humana, de modo geral. 

Desse modo, há maior eficiência no tratamento da pele, com um efeito estético mais pronunciado, e com menos riscos, também.

É possível conseguir vitaminas para o cabelo, por exemplo, que favorecem o crescimento saudável e impedem outros problemas. 

Da mesma forma, há nutrientes fundamentais para a pele, que reforçam a necessidade de reposição de certas substâncias.


Não utilizam substâncias químicas que fazem mal a saúde

A produção de cosméticos com foco em saúde é fortemente fincada em certificação e em comprovação científica. 

Assim, as empresas se baseiam em estudos e em formas de atestar o uso dos componentes, bem como em estudos que comprovam que outros componentes são prejudiciais e evitáveis.

Em suma, os cosméticos naturais se baseiam nos especialistas para evitar o uso de certas substâncias nocivas e deixar de orientar a produção em torno dessas substâncias. 


Ajudam o meio ambiente

O outro grande pilar dos cosméticos naturais é a sustentabilidade. Eles evitam o uso de elementos não degradáveis, tradicionais, que se acumulam na superfície da terra e no fundo dos mares. 

Da mesma forma, a composição sempre busca combater o uso de elementos poluentes ao meio ambiente, de modo a não agredir o ecossistema e a garantir qualidade de vida. 

Assim, estimula o foco em uma vida melhor para as pessoas, hoje, e na manutenção de um planeta possível para as vidas futuras.

Por isso, usar produtos naturais e cosméticos produzidos com elementos orgânicos é assumir o compromisso com o meio ambiente. É unir o cuidado com sua saúde ao cuidado com o planeta. 

 

Conheça as opções de cosméticos naturais da Natureza Divina!

Nesta seção, vamos entender melhor as opções que oferecemos no site Natureza Divina. 

Aromaterapia

A aromaterapia é um tipo de tratamento que foca em usar produtos com base em elementos naturais para contextos terapêuticos.

Essa área reforça a característica de oferecer nutrientes para a pele, de modo a alimentar nosso corpo com o que ele precisa. 

Além disso, é uma forma de estimular o cérebro pelo olfato, com a absorção de informações olfativas que geram um senso de bem-estar e conforto. 

aromaterapia

A aromaterapia estuda formas de tratar ansiedade, depressão, estresse, insônia, bem como outras questões. 


Óleos essenciais

Os óleos essenciais são parte da aromaterapia. São óleos produzidos a partir de espécies de plantas que oferecem poderes terapêuticos e curativos. 

Além disso, apresentam um cheiro muito agradável, justamente por extrair das plantas essa característica. Por isso, são muito usados na produção de cosméticos. 

Óleos essenciais ajudam a:

  • tratar doenças respiratórias, insônia, estresse e ansiedade; 
  • combater sintomas de depressão;
  • suavizar dores musculares.

Estudos até já comprovaram sua eficácia em diminuir a dor de parto nas mulheres, bem como reduzir a própria duração do parto em si. 

Também há comprovação de seu uso para alívio de sintomas de ansiedade e depressão em mulheres na fase de menopausa.

Outro interessante estudo apontou uma melhoria na qualidade de pessoas pacientes de hemodiálise. 

A aplicação dos óleos ajudou a combater sintomas de ansiedade, depressão, fadiga, insônia e dores de cabeça. 


Difusores aromáticos

Os difusores aromáticos são itens responsáveis por perfurar um ambiente com óleos essenciais. 

Ou seja, aplicam os benefícios dos óleos em um local, a partir do estímulo do olfato de pessoas presentes. Um dos tipos mais interessantes é o colar.

 

Adquira produtos de aromaterapia de qualidade com a Natureza Divina!

 

Conclusão

Como vimos, os produtos orgânicos e naturais estão, a cada dia, conquistando o mercado. 

Eles se destacam como uma opção que agride menos o meio ambiente e que, também, reforça o cuidado com a pele e com a saúde.

Em suma, representam a compreensão de que a natureza tem um poder para proporcionar qualidade de vida, com menos interferência de industrialização. 

O uso de cosméticos naturais depende, sobretudo, do conhecimento e da pesquisa sobre eles. 

Então, aproveite as alternativas de quem, realmente, entende do assunto… Conheça mais da Natureza Divina! 

Previous article:
Next article:
Posts relacionados