Precisa de ajuda ?

Sananga

O uso dos rapés e sanangas é ancestral e já esteve presente em diversos lugares e épocas. Porém, seu aspecto mais interessante é o uso pelas tribos indígenas e pelos caboclos da floresta, que os utilizam para diversos fins, entre eles medicinais e em seus rituais e cerimônias.

O que é o Rapé?

O rapé é um tipo de pó feito, geralmente, de tabaco, além de outras ervas e cinzas… Tudo proveniente de árvores que são moídos e transformados em um pó fino e aromático (aspirado ou soprado pelas narinas).

Alguns denominam o rapé como um tipo de medicina que pode ser utilizada por meio das vias nasais. Pode-se ouvir falar do rapé camaru, rapé murici e rapé medicinal, dentre outros tipos e nomenclaturas.

O que é a Sananga?

A sananga é uma espécie de colírio, produzido por meio do sumo retirado da casca de uma raiz, e aplicada em ambos os olhos. Deve ser armazenada em um recipiente guardado em local fresco e arejado, para que não perca a sua eficiência ou, preferencialmente, usada assim que produzida. O princípio ativo dessa substância é a Ibogaína.

Quais são os efeitos e benefícios dos Rapés?

Agora, que você já sabe o que são rapés e sanangas, vamos falar sobre os efeitos e vantagens dessas substâncias, começando pelos rapés.

Muitas pessoas fazem uso do rapé para realizar uma limpeza nas vias nasais respiratórias e aliviar o muco em excesso, o que possibilita o alívio de alguns resfriados e gripes.

Em questão espiritual, o rapé é bastante benéfico e pode servir como desintoxicante de todo o corpo e mente, promovendo uma limpeza energética que ajuda na concentração.

Mas, como esse tipo de pó é uma substância enteógena, alguns efeitos podem ser observados, após o uso do rapé, como alteração da consciência e da percepção do indivíduo.

E das Sanangas?

A sananga é popularmente conhecida como colírio sananga. Mas, apesar disso, vale ressaltar que a sananga difere de medicamentos tradicionais, pois provoca ardência nos olhos e excesso de lágrimas, quando aplicada.

Esse tipo de reação varia de pessoa para pessoa e acontece de acordo com a quantidade utilizada.

Mesmo com esses efeitos, a sananga pode ser bastante benéfica no tratamento e prevenção de doenças bacterianas, como o terçol e a conjuntivite e pequenas irritações que, em alguns momentos, sentimos nos olhos.

Mais do que isso, casos de doenças mais sérias, como catarata, glaucoma, miopia e, até mesmo, dores de cabeça e coriza em excesso podem ser tratados com esse colírio natural.

Como usar Rapé?

Muito além do conceito e do conhecimento sobre os benefícios, é preciso saber: como, afinal, usar rapés e sananga.

Geralmente, o pó de rapé é inserido com a ponta dos dedos na entrada das narinas e com as mesmas, é realizado um movimento onde ele é puxado para dentro.

Atenção: é preciso muito cuidado para que a inspiração não seja com muita força e o pozinho atinja locais mais profundos das narinas — por exemplo, o seio ou a face. Sem esse cuidado, a pessoa pode acabar queimando as próprias narinas.

Em alguns lugares, o rapé pode ser soprado para as narinas com uma espécie de canudo em formato de V, onde uma extremidade fica na boca para sopro e outra na narina.

Como usar Sananga?

A aplicação da sananga colírio é feita geralmente pingando uma gota do líquido formado em cada olho, mas há quem use uma quantidade maior.

Sananga é perigoso?

Apesar do efeito de ardência que provoca, a sananga não atrai perigos, mas deve-se ter em mente que esse colírio natural não promove a cura completa de problemas e doenças nos olhos, apenas contribui para o alívio e tratamento.

Além disso, não indica-se o seu uso quando há ferimentos na região dos olhos e após a realização de procedimentos cirúrgicos nesta região.

De toda forma, para aplicar determinadas substâncias, mesmo que naturais, em locais mais sensíveis, como os olhos, é preciso atenção e cuidado com a dosagem e aplicação.

Curiosidades sobre Rapés e Sananga

  • O rapé medicinal tem seu legado indígena e, com o tempo, passou a ser difundido ao redor do mundo;
  • Em algumas situações, o uso do rapé pode auxiliar no tratamento de doenças mentais e, também, dependências químicas
  • Em termos espirituais e de energia, fazer o uso da sananga permite fazer uma “limpeza” profunda no canal ocular, o que promove fluidez à visão anterior ou — como alguns chamam: terceiro olho e chakra ajna. Com isso, você terá uma maior visão sensitiva e espiritual;
  • O organismo dos indígenas é mais receptivo à sananga do que o dos “homens brancos”, pois já está habituado a uma medicina que provém da floresta e suas plantas

Ficou ainda mais interessado e gostaria de comprar seus rapés e sanangas? Conte com toda a experiência e qualidade da Natureza Divina!

Sananga

1 artigo

Filtros
  • Posição
  • Nome do produto
Posição
  1. Sananga (Colírio indígena)

    É extraído da casca da sua raiz um sumo, em decocção, e utilizado como um colírio natural que opera em duas vertentes energéticas de cura: a física e a psicológica. Apazigua a mente, propiciando melhor visão (interna), discernimento e equilibra as emoções;

    R$ 40,00
200
  • 200
por página