Precisa de ajuda ?

Plantas Sagradas

Também conhecidas como plantas de poder ou plantas enteógenas (entheos = Deus dentro), as plantas sagradas vêm sendo utilizadas, há milhares de anos, por diversos povos antigos em seus rituais sagrados de purificação do homem por meio da natureza.

São uma forma de estar em contato com o divino e fazer uma espécie de “limpeza” da alma, renovação da energia. A planta jurema sagrada é um bom exemplo desse tipo.

Saiba mais

O que são as Plantas Sagradas?

São plantas consideradas muito especiais, pois podem proporcionar cura, autoconhecimento e o despertar da consciência espiritual. Um verdadeiro presente da mãe Natureza!

Além de tudo, esses tipos de plantas de poder, capazes de renovar a nossa energia interior e nos purificar de tudo que é negativo.

Quais são as Plantas Sagradas?

Alguns exemplos são:

  • Cacto Sagrado Wachuma-Matucana;
  • Jurema Preta (Mimosa tenuiflora/hostilis) em pó - Casca da Raiz;
  • Psychotria alba;
  • Chaliponga - (Diplopterys cabrerana);
  • Banisteriopsis inebrians - Desidratado.

Para que servem?

Esses tipos de plantas eram utilizadas em cerimônias e rituais sagrados de cura e purificação, há muitos anos e, mesmo nos dias de hoje, há quem as use para essa finalidade e, também, para uso terapêutico e medicinal.

Aqui na Natureza Divina, você pode encontrar plantas sagradas com alta qualidade.

Quais os benefícios das Plantas de Poder?

As plantas sagradas trazem purificação e cura espiritual, por isso, podem ser usadas em terapias. O combate de energias negativas que se fazem presentes em nosso interior também é um dos benefícios das plantas de poder.

Cacto Sagrado Wachuma-Matucana

Este cacto típico da Cordilheira dos Andes faz parte do universo das "plantas de poder", em consequência do xamanismo indígena da América do Sul e Central.

O Wachuma é originário da região dos Andes, essa planta é utilizada para cura e experiências visionárias e adivinhatórias, onde o xamã é levado a ter a visão da cura do enfermo, o espírito da planta entra em contato com o xamã ensinando-o a expulsar a enfermidade.

Jurema Preta (Mimosa tenuiflora/hostilis) em pó - Casca da Raiz

Também conhecida como Mimosa hostilis, uma planta típica da caatinga do nordeste brasileiro. Na História brasileira era usada no Vinho da Jurema, uma cerimônia de preparação e ingestão desta planta. Há rumores sobre a tradição (extinta) ter sido recentemente recuperada.

Psychotria alba

Juntamente com o cipó, é ingrediente na preparação da bebida enteógena análoga a ayahuasca.

Chaliponga - (Diplopterys cabrerana)

Chaliponga (Diplopterys cabrerana), também conhecida como chagropanga. Conhecida pelo seu uso xamã, como aditivo da ayahuasca tradicional dos vales amazônicos, a Chaliponga contém um alto teor de triptaminas.

Banisteriopsis inebrians - Desidratado

O cipó Banisteriopsis nebriansi contém os mesmos princípios ativos que o JAGUBE ou MARIRI é usado há milênios pelos nativos da Amazônia para preparar Ayahuasca.

Plantas Sagradas

5 itens

Filtros
  • Posição
  • Nome do produto
Posição
  1. Cacto Sagrado San Pedro (T. pachanoi)

    Este cacto típico da Cordilheira dos Andes faz parte do universo das "plantas de poder", em conseqüência do xamanismo indígena da America do Sul e Central. O Wachuma é originário da região dos Andes, essa planta é utilizada para cura e experiências visionárias e adivinhatórias, onde o xamã é levado a ter a visão da cura do enfermo, o espírito da planta entra em contato com o xamã ensinando-o a expulsar a enfermidade.

    Fora de estoque
  2. Jurema Preta - (Mimosa Hostilis) - Rasurada - Casca da Raiz

    Também conhecida como Mimosa hostilis, uma planta típica da caatinga do nordeste brasileiro. Na História brasileira era usada no Vinho da Jurema, uma cerimônia de preparação e ingestão desta planta. Há rumores sobre a tradição (extinta) ter sido recentemente recuperada. 

    A partir de R$ 120,00
  3. Psychotria alba

    Juntamento com o cipó, é ingrediente na preparação da bebida enteógena análoga a ayahuasca

    A partir de R$ 99,00
  4. Chaliponga - (Diplopterys cabrerana)

    Chaliponga (Diplopterys cabrerana), também conhecida como chagropanga. Conhecida pelo seu uso xamã, como aditivo da ayahuasca tradicional dos vales amazônicos, a Chaliponga contém um alto teor de triptaminas

    A partir de R$ 64,00
  5. Banisteriopsis inebrians - Desidratado

    O cipó Banisteriopsis nebriansi contém os mesmos princípios ativos que o JAGUBE ou MARIRI é usado há milenios pelos nativos da Amazônia para preparar Ayahuasca.

    A partir de R$ 47,00
200
  • 200
por página