Precisa de ajuda ?

Óleos essenciais: saiba o que são e os benefícios para a sua saúde

Óleos essenciais: saiba o que são e os benefícios para a sua saúde
Carregando... 131 visualização(s)

Óleos essenciais: saiba o que são e os benefícios para a sua saúde

o que são óleos essenciais

Os óleos essenciais se destacam como um dos principais componentes da chamada aromaterapia. Além disso, são fundamentais para gerar uma série de benefícios para o ser humano em diversas frentes, por isso, vêm conquistando cada vez mais espaço.

Hoje, se faz importante entender a grande variedade de óleos, suas características, o que os leva a ser efetivos e os benefícios de uso. Assim, torna-se viável aproveitar melhor essas vantagens e usá-las corretamente.

Quando se fala em óleos essenciais, é crucial também estar atento às melhores práticas de uso e onde adquirir os mais adequados para o que você procura.

Neste conteúdo, faremos um guia completo com as informações que você precisa saber sobre os óleos. Confira. 

O que são óleos essenciais?

São óleos extraídos de plantas medicinais e plantas especiais, com características que podem atender a diversas finalidades. O termo "essencial" diz respeito aos componentes que ajudam a proteger a planta, principalmente contra ameaças naturais.

Esses componentes foram a base dos óleos. 

Assim, quando extraídos, esses elementos podem servir para a construção de produtos que auxiliam na estética, no cuidado com a saúde, entre outras áreas.

O grande destaque sobre eles é o aroma, algo que os marca. O aroma especial de cada óleo é quase uma parte central da identidade deles e define cada um.

Esse aroma, por si só, já possui grandes aplicações no mercado. Os cosméticos criados com esses óleos se destacam por oferecerem essa característica — o que pode ser usado para aromatizar casas, para uso corporal, etc.

Contudo, os óleos vão além disso e também apresentam características terapêuticas e protetoras. Eles agem de forma combativa para impedir doenças e degenerações no corpo humano, bem como estimular características positivas.

A ação olfativa permite o desenvolvimento de efeitos positivos no corpo humano. Além disso, há também a ação direta, da aplicação do óleo na pele, com a absorção dos seus elementos. 

Da mesma forma, os óleos podem servir como proteção para alimentos e muito mais. 

Veremos com detalhes, as aplicações e os benefícios ao longo deste conteúdo. Por isso, continue por aqui. 

Quais as características dos óleos essenciais?

Uma das formas de extração de óleos essenciais é por meio da destilação, que pode ser com água, a vapor, etc. 

Um dos elementos principais extraídos no processo é o terpeno. São elementos de carbono, reativos com vários componentes na natureza, que acrescentam esse quê protetivo e benéfico aos óleos. 

Quais os benefícios dos óleos essenciais?

Agora, vamos mencionar algumas características benéficas dos óleos. A ideia não é esgotar o assunto, mas apresentar uma base inicial para guiar quem está tentando entender. 

É importante destacar que os benefícios são diversos e variam a depender do óleo que estivermos analisando. Em um primeiro momento, apenas discutiremos as vantagens, mas, depois, associaremos com os devidos óleos para ilustrar melhor. 

benefícios óleos essenciais

Diminui ansiedade

Uma das principais vantagens é sua atuação contra a ansiedade. Isso é a base, inclusive, do uso terapêutico. O óleo age para tranquilizar as pessoas e eliminar as tensões, de modo a reduzir a atividade mental e trazer maior calmaria.

Por isso, é crucial no combate a quadros de pensamento acelerado e de pensamentos conturbados. 

Logo, é um grande aliado contra o estresse do dia a dia e contra as cargas pesadas que as pessoas têm de enfrentar no mundo moderno.

Podem ajudar com dores de cabeça

Outra boa aplicação é para lidar com dores de cabeça. Nesse sentido, os óleos essenciais conseguem aliviar um pouco as tensões e as causas das dores, para que isso se torne suportável e menos intenso.

Podem melhorar seu sono

Justamente por cumprir uma função relaxante, os óleos também podem ser usados para induzir melhor qualidade de sono. 

Eles agem contra a insônia com um mecanismo muito similar ao do combate à ansiedade, de modo que torna o momento do sono muito mais tranquilo e natural.

Óleos como a lavanda, que estudaremos a seguir, são cruciais para diminuir o ritmo dos batimentos cardíacos, controlar a pressão sanguínea e reduzir esforços durante o momento do descanso. 

Podem ajudar a reduzir a inflamação

Sua ação anti-inflamatória também é muito mencionada. Os óleos atuam na aromaterapia como um elemento que ajuda a diminuir as inflamações, para permitir curas mais rápidas e naturais, sem grandes dificuldades.

Permite, assim, uma evolução mais saudável do corpo humano para tratar problemas típicos. 

Melhoram a capacidade cerebral

Um dos fatores mais interessantes sobre óleos derivados de plantas medicinais é justamente sua versatilidade. 

Eles podem ser usados, como já falamos, para controlar a atividade cerebral e afastar pensamentos perturbadores e exacerbados. 

Contudo, por outro lado, também há relatos de que eles atuam na melhoria da capacidade de concentração e de funcionamento do cérebro. Permitem diminuir o cansaço e ajudar na disposição das pessoas para enfrentar atividades necessárias no dia a dia.

Ou seja, são estimulantes, ativos. Não só protegem, como podem também estimular melhores sensações. 

Melhoram humor e foco

Outras vantagens são a melhoria constante de humor e do foco. Nesse sentido, o óleo pode ser um grande aliado quando se precisa começar o dia com bom humor para lidar com situações difíceis e estressantes.

Há indícios até de melhoria da capacidade de memória, por conta da aplicação correta de óleos. 

Melhoram problemas de estômago

Também vale mencionar os benefícios dos óleos a respeito de desconfortos no estômago, principalmente relacionadas a tonturas e vômitos. Nesse sentido, o óleo consegue ter uma ação controlada para dissipar o mal-estar e permitir que as pessoas voltem à normalidade. 

Quais são os óleos essenciais mais usados?

Agora, vamos mencionar os óleos mais usados e mais conhecidos. Assim, vamos aprofundar em suas características e ficará ainda mais evidente o poder desses óleos para auxiliar as pessoas. 

Alecrim

O Alecrim é um óleo famoso. Uma das suas ações é justamente a melhoria da capacidade mental, com maior foco, disposição e poder de memorização. Dessa forma, pode ser um estímulo importante antes de tarefas exigentes, como já falamos.

Além de seu poder estimulante, podemos citar a propriedade analgésica, para tratamento e alívio de dores; antisséptica; anti-inflamatória; e tônica. 

Ou seja, é possível obter uma série de benefícios importantes ao usar esse óleo, o que torna o seu uso tão comum e recomendado por muitas pessoas. 

Pode também ser essencial para reduzir o cansaço e permitir que as pessoas se sintam melhores nesse sentido. 

Cardamomo (Elettaria cardamomum)

O Cardamomo é um óleo bastante reconhecido por um odor mais picante. É indispensável para lidar com bronquites, problemas intestinais, perda de apetite e dispepsias. Também pode ser usado, pelo seu aroma, para fabricação de perfumes, produtos farmacêuticos e bebidas. 

Mirra (Commiphora myrrha)

Uma das suas funções principais é tratar o envelhecimento celular, de modo a cuidar melhor da pele. Também pode ajudar em bronquites, resfriados, inflamações na garganta, doenças pulmonares e outros. 

Outra função interessante é sua ação como purificador, para lidar com traumas e problemas antigos, proporcionando paz e superação. 

Ainda, esse óleo é bactericida, fungicida e antiviral. 

Sândalo Amyris (Amyris balsamifera)

Esse óleo se destaca por ser relaxante, afrodisíaco, repelente de insetos e anti-inflamatório. Ele também melhora a tosse e alguns desconfortos no peito. Além disso, é hipotensor, antisséptico e ajuda com infecções. Outra característica é seu forte efeito calmante. 

Artemísia (Artemisis vulgaris)

Esse é um dos óleos essenciais mais usados quando o foco é buscar estímulo e efeito revitalizante. Permite uma maior limpeza energética para oferecer ânimo para as pessoas diariamente. 

Sálvia Esclaréia (Salvia sclarea)

Esse óleo é usado para gerenciar questões psicológicas, irritação, efeitos da TPM e alterações hormonais. 

Também é indicado para tratamento de depressão, de questões respiratórias, bem como para necessidades antioxidantes e calmantes, entre outros.

Além disso, é utilizado como aromatizante em alimentos, na criação de fragrâncias para cremes e hidratantes, etc. 


Conheça já os nossos óleos essenciais para diversas finalidades!

Qual a relação entre aromaterapia e óleos essenciais?

Chamamos de aromaterapia uma espécie de terapia que utiliza óleos essenciais para equilíbrio das emoções, cura e tratamentos. 

Permite alinhar corpo e espírito, de modo a trazer efeitos positivos importantes e significativos para o dia a dia.

A aromaterapia é baseada no uso dos óleos para tratamentos e para melhoras consideráveis. 

Nesse sentido, aplica o conhecimento sobre os óleos adequados para cada situação, bem como sobre as melhores práticas.

Parte do princípio que os aromas podem influenciar nosso comportamento e a energia ao redor e trazer uma série de benefícios. Assim, a terapia é usada para problemas físicos, emocionais, psicológicos e muito mais.

aromaterapia e óleos essenciais

Permite lidar com ansiedade, insônia e depressão, bem como problemas respiratórios, problemas de energia, cansaço e muito mais. 

Todas as propriedades e vantagens que demonstramos nos últimos tópicos são aproveitadas.

A aromaterapia se vale da ideia de misturar os óleos, de modo a aproveitar melhor as características e propriedades. 

A essa estratégia chamamos de blend de óleos essenciais, o que vamos desenvolver com mais detalhes a seguir. 

Esse tipo de terapia começou a se tornar relevante em 1920, com Maurice René de Gattefossé, desenvolvida a partir da fitoterapia. 

Contudo, estima-se, por exemplo, que o Egito Antigo já tenha usado esses óleos especiais com intuito de preservar corpos e manter um bom aroma. 

Quais os melhores óleos essenciais para aromaterapia?

A Lavanda é um dos principais óleos quando se fala em aromaterapia. É muito boa contra depressão e ansiedade, bem contra a insônia. 

Também é ideal para tratamentos de pele, contra doenças como a acne. Pode ser bactericida e antisséptico e estimular relaxamento e calmaria.

A laranja doce é outro óleo muito usado. Ajuda muito a quem busca vitalidade, bem como afasta depressão e medo. Pode ser ideal para estimular criatividade, organização e muito mais. 

Outros são:

  • meleleuca;
  • eucalipto;
  • menta;
  • limão.

Além disso, há outras opções. É preciso saber bem quais são as propriedades de cada óleo para obter os resultados ideais. 

Como usar os óleos essenciais?

Os óleos essenciais devem ser usados com mecanismos de aplicação, nunca com o uso direto na pele. Há uma série de técnicas e estratégias para quem busca adotar os óleos no dia a dia.

Uma das abordagens é investir na aromatização do ambiente. Nesse caso, pode-se adotar um difusor aromático para espalhar os óleos no local, de modo que todas as pessoas consigam sentir e apreciar.

como usar óleos essenciais

Também pode-se usar compressas para aplicar os óleos na pele, de modo a evitar a aplicação direta. Outra possibilidade é com a inalação. 

Além disso, os óleos podem ser usados em combinações para banho, por exemplo, de modo a permitir a aplicação na pele. Nesse sentido, as pessoas podem adotar mecanismos para auxiliar na aplicação, como as compressas

O que é o blend de óleos essenciais ou sinergia?

O blend de óleos essenciais consiste em uma mistura de óleos para amplificar os efeitos benéficos e positivos. O ideal é misturar vários óleos diferentes para uma sensação específica, com características que se complementam. 

Pensa-se tanto nas características olfativas, de cheiro mesmo, quanto em questões de propriedades curativas e de atuação. Pode ser bom combinar vários para obter um efeito intenso e poderoso. 

O blend de óleos ajuda bastante na aromaterapia. 

Qual a importância dos óleos essenciais no seu dia a dia?

No dia a dia, óleos são cruciais para auxiliar em tratamentos de doenças, no estímulo necessário para as tarefas diárias e muito mais. 

São ótimos produtos para ajudar no combate a vários transtornos e desequilíbrios, bem como gerar ativamente características positivas.

Conheça já os nossos óleos essenciais para diversas finalidades!

Conclusão

Os óleos essenciais são componentes fundamentais da aromaterapia que ajudam no tratamento contra doenças, contra transtornos mentais e geram também motivação para o dia a dia. 

Eles podem ser usados em terapia, bem como também na indústria de cosméticos e em produtos diversos de estética. 

Para saber mais sobre o assunto, continue aqui no blog da Natureza Divina

 

Previous article:
Next article:
Comentários
Deixe seu comentário
Seu endereço de e-mail não será publicado