Precisa de ajuda ?

Chá de Lúpulo: para que serve e como pode beneficiar sua saúde

Chá de Lúpulo: para que serve e como pode beneficiar sua saúde
Carregando... 66 visualização(s)

Chá de Lúpulo: para que serve e como pode beneficiar sua saúde

Chá de lúpulo, para que serve. Pessoa segurando planta de lúpulo.

Você sabe o que é chá de lúpulo, para que serve e quais os seus benefícios à saúde humana?

 

O lúpulo (Humulus lupulus L.) é utilizado há milênios nos sistemas de cuidado e tratamento em saúde. Entretanto, desde o século passado, estudos em farmacologia comprovaram os potenciais benefícios desta planta.

 

Neste artigo exclusivo, você vai aprender sobre o que, quais as propriedades e para que serve o chá de lúpulo. Continue no artigo e tenha uma ótima leitura!

O que é chá de lúpulo e para que serve?

O lúpulo (Humulus lupulus L.) é uma planta nativa da Europa, Ásia Central e América do Norte, sendo cultivada há milênios por povos distintos do hemisfério norte. Um dos primeiros registros escritos do lúpulo com fins medicinais é datado da Alemanha do século IX.

 

Uma das aplicações modernas dessa planta medicinal se dá, sobretudo, na indústria de bebidas e fabricação de cervejas. No entanto, o lúpulo apresenta aplicações medicinais dado as suas propriedades terapêuticas já reconhecidas.

 

Nas tradições populares e nos sistemas de cuidado à saúde de povos do hemisfério norte, o lúpulo era empregado como recurso terapêutico anti-inflamatório, antimicrobiano e relaxante.

 

Atualmente, a farmacologia moderna, por meio de testes laboratoriais, já identificou a composição do lúpulo em seus quimiotipos, compostos bioativos e metabólicos secundários, como: resina, óleo e polifenóis.  

 

Por estes aspectos, é comum que o uso lúpulo, como infusão medicinal, em sistemas de tratamento e terapêutica tanto ancestrais quanto modernos. Mas, para que serve o chá de lúpulo e como prepará-lo?

Como prepará-lo?

Como vimos, o lúpulo é uma planta medicinal utilizada há milênios. Uma das estratégias de usos dessa erva é por meio das infusões, os famosos chás. Para isso, utilizam-se os frutos desidratados do lúpulo.

 

Assim como outros tipos de chás medicinais, a receita de infusão é simples e prática, podendo ser realizada por qualquer pessoal. Basta ficar atento às seguintes etapas:

 

·   Separe uma quantidade entre 5 a 10 gramas por infusão

·   Aqueça o equivalente a uma xícara de chá de água

·   Espere a água ferver

·   Em uma xícara, deposite a quantidade pretendida de lúpulo

·   Adicione a água fervendo e espere de 10 a 15 minutos

 

O consumo da infusão pode ser realizado em qualquer horário do dia, seja pela manhã, tarde ou, inclusive, à noite. Lembre-se, somente, de que este chá é medicinal e, desse modo, não é recomendado o uso indiscriminado ao longo do dia.

Propriedades e componentes ativos do lúpulo

Agora que você já sabe o que é o chá de lúpulo, para que serve e como preparar a infusão, vale a pena conferir quais bioativos, propriedades e componentes do lúpulo ajudam a saúde humana, melhorando a qualidade de vida e bem-estar.

 

Por meio de estudos fitoquímicos, descobriu-se que o lúpulo é rico em flavonoides, chalconas, antioxidantes, agentes antibacterianos e antivirais.

 

Especificamente os flavonoides contribuem para a proteção da saúde humana, apresentando propriedades antioxidantes benéficas ao organismo. Vale lembrar que os radicais livres impactam desde o envelhecimento precoce até doenças diversas.

 

Por estes aspectos, o chá de lúpulo é amplamente utilizado na medicina natural e, atualmente, é empregado em diversos produtos fitoterápicos e no auxílio ao tratamento de doenças diversas.

Chá de lúpulo, para que serve. Lúpulo em detalhe

Benefícios do chá de lúpulo para a saúde

Confira a seguir 6 incríveis benefícios do chá de lúpulo, comprovados pela ciência moderna e já de conhecimento da medicina natural.

1. Melhoria do sono

O chá de lúpulo é um reconhecido sedativo, interferindo positivamente na regulação e melhoria da qualidade do sono, sendo utilizado no tratamento de possíveis distúrbios como insônia leve.

 

Tendo em vistas seus princípios e compostos bioativos, o lúpulo interage com o sistema nervoso central, auxiliando no tratamento e regulação do sono.

 

2. Potencial anti-inflamatório

Devido às suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, o chá de lúpulo é empregado no tratamento de doenças e inflamações. Em estudos laboratoriais realizados no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, pesquisadores comprovaram os impactos positivos do lúpulo no combate de inflamações.

 

3. Alívio de sintomas da menopausa

O 8-prenilnaringenina é um fitoestrogênio poderoso, impactando na regulação hormonal e auxiliando durante as fases de climatério e menopausa. Por isso, é um potente aliado na saúde da mulher.

Desse modo, o chá de lúpulo apresenta propriedades capazes de auxiliar no combate aos sintomas da menopausa, melhorando a qualidade de vida de mulheres e na regulação, de maneira natural, da produção de hormônios.

 

4. Suporte digestivo

Estudos em farmacologia desvendaram que o chá de lúpulos também interfere positivamente no sistema digestório, sobretudo, na melhoria das funções gástricas e no combate a doenças relacionadas ao estômago.

 

5. Modulação do açúcar no sangue

O lúpulo apresenta um potencial de inibição enzimática, sobretudo, da α-glicosidase, responsável pelo desenvolvimento da Diabetes tipo 2, que representa cerca de 90% dos casos diagnosticados.

 

A inibição da enzima α-glicosidase impacta, diretamente, na redução dos índices de açúcar na corrente sanguínea pós-prandial. Aspecto que contribui com o controle da Diabetes tipo 2.

 

6. Propriedades antimicrobianas

Estudos realizados indicam uma provável relação entre os metabólicos secundários do lúpulo com a melhoria da saúde humana, sobretudo, por seu aspecto antimicrobiano. Este aspecto está relacionado com a própria defesa da planta contra microrganismos danosos.

 

Ao produzir substâncias com citotoxidade contra patógenos microbianos, o lúpulo se defende de potenciais pragas. No entanto, quando consumido por seres humanos, estas mesmas substâncias agem como agentes antimicrobianos.

Como introduzir o chá de lúpulo na rotina diária?

O chá de lúpulo pode ser introduzido na dieta sem qualquer contraindicação. No entanto, vale sempre a pena ressaltar a necessidade de reconhecer e determinar prováveis alergias ao lúpulo antes de iniciar o consumo.

 

Por isso, conte com o auxílio de um profissional da saúde no momento de introduzir o chá de lúpulo em sua rotina de autocuidado e melhoria da qualidade de vida.

 

A Natureza Divina acredita na integração física, mental e espiritual na saúde humana. Por isso, somos especialistas em medicamentos naturais, ervas e plantas de poder, desenvolvendo um catálogo exclusivo de produtos.

 

Acesse nosso portal e explore todo o poder do chá de lúpulo com a Natureza Divina!

Chá de lúpulo, para que serve. Cultivo e plantação de lúpulo.

Conclusão

Neste artigo você aprendeu sobre o que é chá de lúpulo, para que serve, quais as suas propriedades naturais e como seu consumo beneficia a saúde humana, gerando melhoria na qualidade de vida e bem-estar.


O lúpulo é uma planta natural do hemisfério norte, sendo empregada há milênios nos sistemas de cuidado à saúde. De maneira documentada, as suas propriedades medicinais datam do século IX, na região da atual Alemanha.

 

A Natureza Divina compreende a saúde humana de maneira integrativa: física, mental e espiritual. Por isso, somos especialistas em medicamentos naturais, plantas de poder e ervas medicinais.

 

Acesse nosso catálogo de produtos e explore toda a riqueza do chá de lúpulo com a Natureza Divina!

 

Previous article:
Next article:
Posts relacionados
Comentários
Deixe seu comentário
Seu endereço de e-mail não será publicado