Português-BR 
Categorias 
Plantas Medicinais    Afrodisiacos    Energéticos    Relaxantes    Emagrecimento    Nutrição    Medicinais
Plantas Sagradas    Cogumelos Sagrados    Cactos Sagrados    Análogos da Ayahuasca    Sementes Psicodélicas    Rapés e Sananga
Etnobotânicos    Kratom    Lotus Azul
Sementes
Artesanatos Xamânicos
Incensos
Óleos
Ervas para Banhos
Tabacaria    Bongs (purificadores)    Cachimbos e Pipes    Sedas    Trituradores    Ervas para fumar
Livros
Informações 
Quem somos
Aviso legal
Como comprar
Envios e prazos de entrega
Links informativos
Fale conosco
A verdade sobre a Salvia divinorum
Vídeos
Depoimentos mais
Ofertas mais
Seu carrinho de compra esta vazio.
   Você está aqui: Início » Etnobotânicos »
Kanna (Sceletium tortuosum)

Nota: Nota: 5
Comentários Atuais: 4
Este produto está fora de estoque.

 Avise-me quando chegar 
Kanna (<i>Sceletium tortuosum</i>)
               
 Ver Depoimentos 
               
 Dar Depoimentos 
               
 Contar para um amigo 
              
 Voltar 

O sceletium tortuosum, tambem conhecido como kanna, foi  usado durante milénios como psicodélico e poderoso potencializador do humor, por diversas tribos indigenas da África do Sul. Quando os Holandeses chegaram à África do Sul chamaram-lhe kaugoed (kauwgoed), que significa ‘substância para mascar’.

Efeitos

O sceletium tortuosum melhora a disposição e reduz a ansiedade e o stress. Em doses intoxicantes pode causar euforia, inicialmente como estimulante e mais tarde como sedativo.

Uso

O sceletium foi usado de muitas maneiras pelas tribos africanas, que costumavam mascar a planta para ganhar força e  fazer longas caminhadas, tambem foram registrados rituais onde os nativos mascavam a planta para entrar em transe.  A dose oral para usos medicinais é de 200 mg e doses maiores podem causar efeitos sedativos e euforicos mais fortes.  Algumas pessoas relatam efeitos interessantes ao inalar o pó ou  fumar a Kanna junto com sua mistura de fumos preferida.

Aviso

Doses acima de 2 gramas podem causar  vomitos e diarréia. O sceletium tortuosum é um inibidor selectivo da recaptação da serotonina [ISRS]. Não deve ser misturado com inibidores da monoamina oxidase (inibidores da MAO), tais como arrua siriana (peganum harmala), banisteriopsis caapi, passiflora (passiflora incarnata), ayahuasca,  ioimba, e certos antidepressivos.