Português-BR 
Categorias 
Plantas Medicinais    Afrodisiacos    Energéticos    Relaxantes    Emagrecimento    Nutrição    Medicinais
Plantas Sagradas    Cogumelos Sagrados    Cactos Sagrados    Análogos da Ayahuasca    Sementes Psicodélicas    Rapés e Sananga
Etnobotânicos    Kratom    Lotus Azul
Sementes
Artesanatos Xamânicos
Incensos
Óleos
Ervas para Banhos
Tabacaria    Bongs (purificadores)    Cachimbos e Pipes    Sedas    Trituradores    Ervas para fumar
Livros
Informações 
Quem somos
Aviso legal
Como comprar
Envios e prazos de entrega
Links informativos
Fale conosco
A verdade sobre a Salvia divinorum
Vídeos
Depoimentos mais
Ofertas mais
Seu carrinho de compra esta vazio.
   Você está aqui: Início » Plantas Medicinais » Medicinais »
Óleo de Copaíba

Nota: Nota: 5
Comentários Atuais: 4
Produtos disponíveis:
Frasco com 30ml = R$12.00
Qtd:
Óleo de Copaíba
               
 Ver Depoimentos 
               
 Dar Depoimentos 
               
 Contar para um amigo 
              
 Voltar 

O óleo da copaíba é um líquido transparente, viscoso e fluido, de sabor amargo com uma cor entre amarelo até marrom claro dourado. Produto natural extraído do caule da planta nativa catalogada cientificamente com o nome de C. Reticulata Dunke - nome popular copaíba, conhecida desde tempos remotos pelos Incas, Maias e outros povos indígenas que utilizavam este bálsamo como verdadeiro tesouro dos deuses. Chamado por eles como Óleo da Vida, por possuir inúmeras propriedades regeneradoras, anti-inflamatórias e anticancerígenas, curativas, nutritivas, lubrificantes e tônicas.

 

Remédio universal da Amazônia

A Medicina tradicional no Brasil recomenda óleo de copaíba hoje como um agente antiinflamatório, para tratamento de caspa, todos os tipos de desordens de pele e para úlceras de estômago. Copaíba também tem propriedades diuréticas, expectorantes, desinfetantes, e estimulantes, e vem sendo utilizado nos tratamentos de bronquite, dor de garganta, anticoncepcional, vermífugo, dermatose e psoríase, e ainda, como combustível para clarear a escuridão da noite, substituindo a função do tradicional óleo diesel nas lamparinas.
Na indústria, esse óleo pode ser usado para fabricação de vernizes, perfumes, farmacêuticos e até para revelar fotografias.

 

Propriedades farmacológicas 

Estudos recentes têm demonstrado que a eficiência terapêutica do óleo integral é maior do que as de quaisquer outras partes isoladas da copaibeira. Pesquisas in vivo e in vitro têm demonstrado que os óleos de várias espécies de copaíbas apresentam diversas propriedades terapêuticas.

• Antiinflamatória e antibiótica natural.
• Poderoso antimicósico (que destrói os fungos miscroscópicos ou impedem seu crescimento).
• Excelente depurativo do sangue e desintoxicante orgânico.
• Restabelece as funções das membranas das mucosas, o que auxilia no processo de cicatrização.
• Antiedematoso (que combate edema).
• Antitumoral.
• Anticancerígena. Segundo os estudos realizados pelos pesquisadores do “Instituto de Química” e do “Centro de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas” da Unicamp, o óleo de copaíba apresenta componentes que podem combater nove linhagens de câncer; inclusive células cancerígenas de ovário, próstata, rins, cólon, pulmões, mamas, melanoma e leucemia. Fonte: Jonal da Unicamp – Edição 213 – 19 a 25 de maio de 2003.
• Tripanossomicida e bactericida.
• Em pequenas doses, estimula o apetite, pois apresenta ação direta sobre o estômago.
• Apresenta propriedades antissépticas, tanto tópica quanto internamente, atuando sobre as vias respiratórias e urinárias.
• O óleo essencial é um excelente fixador de perfumes.

 

Ação

• Anti-séptica (inibe e combate a ação dos microrganismos infectantes) e cicatrizante.
• No ensaio de atividade antimicrobiana, o óleo integral de copaíba, mostrou-se ativo contra Staphylococcus aureus, Bacillus subtilis e Echerichia coli.
• Carminativa (combate o desenvolvimento dos gases no estômago e intestino).
• Expectorante (facilita a saída das secreções purulentas das vias respiratórias).
• Diurética (favorece a secreção urinária; diurese).
• Laxativa.
• Estimulante e tônica.
• Emoliente (efeito calmante sobre a pele e as mucosas inflamadas, combatendo o ressecamento dos tecidos, conferindo-lhes maciez).

 

Indicações (Uso Adulto e Pediátrico)

• Nas infecções e inflamações em geral.
• Anti-séptico e cicatrizante, podendo ser empregado em feridas, eczemas, psoríase, urticária, furúnculos, nas seborréias e irritações do couro cabeludo.
• Afecções das vias respiratórias, como tosse, gripe, resfriados, bronquite e inflamação da garganta.
• Disenteria (infecção intestinal, sobretudo do intestino grosso, que se manifesta por dores abdominais, tenesmo (contratura espasmódica dolorosa do esfíncter anal ou vesical, acompanhada pela sensação penosa e desejo muito forte e contínuo de evacuar ou de urinar) e uma diarréia grave com presença de sangue, pus e muco; pode ser causada por várias espécies de bacilos disentéricos – Shigella – e amebas).
• Como depurativo do sangue e na desintoxicação orgânica.
• Incontinência urinária, infecções urinárias e cistite (inflamação aguda ou crônica da bexiga).
• Leucorréia (corrimento esbranquiçado pela vagina; podendo ser causado por uma infecção bacteriana ou por tricomonas).

 

Contra-Indicações

• Gestação e lactação. Não aplicar nos olhos e queimaduras.

 

 

Efeitos Colaterais

• Não os apresenta nas doses terapêuticas recomendadas.

 

 

Superdosagem

• Pode provocar vômitos, náuseas, diarréias com cólicas e, em certas partes do corpo, um exantema. Caso esses sintomas ocorram, descontinuar o uso e procurar auxílio terapêutico.

 

 

Precauções

• Em caso de hipersensibilidade ao produto, descontinuar o uso.

Interações

• Na literatura, não existem registros de quaisquer interações com medicamentos e alimentos.

 

Duração da Administração

• De acordo com o critério terapêutico. Na maioria das vezes, o produto é bem tolerado pelo organismo e não causa dependência física ou psíquica.

 

Para as pessoas que se perguntam como usar o óleo de copaíba, essa é a forma de uso recomendada:

Primeiro, para efeitos de desintoxicação, é preciso dividir o primeiro mês em quatro semanas.

Na primeira semana, tome uma gota ao dia, após o café da manhã;

Na segunda semana, tome duas gotas ao dia, sendo a primeira após o café da manhã e a outra após o almoço;

Na terceira semana, deve-se ingerir uma gota após o café da manhã, uma após o almoço e outra após o jantar;

Na quarta semana inicia-se a dose normal, que é de duas gotas, três vezes ao dia, sendo duas após o café da manhã, duas após o almoço e duas após o jantar.

Após a quarta semana pode-se tomar, também, seis gotas uma única vez ao dia, seja pela manhã, à tarde ou à noite.

ATENÇÃO: Havendo sinais de hipersensibilidade, deve-se suspender o uso do produto.

Contra-indicações: O uso durante a gestação é desaconselhado, como a maioria dos remédios.

Não possui efeitos colaterais.

 
Videos
Clientes que compraram esse produto também compraram:
Cacto Sagrado San Pedro  (T. pachanoi)
Cacto Sagrado San Pedro (T. pachanoi)
Rapé de Ervas Curandeiras - Tribo Huni Kuin
Rapé de Ervas Curandeiras - Tribo Huni Kuin
Rapé Mulateiro
Rapé Mulateiro